terça-feira, 5 de novembro de 2013

ALTER EGO music sessions

ALTER EGO
Music Sessions

Erica Buettner

Nasceu nos Estados Unidos da América, em Connecticut e cresceu num clássico subúrbio de classe média, no seio de uma família ligada às artes e à criatividade.
Foi muito jovem que Erica se dedicou à escrita, fazendo dela um complemento diário essencial ainda hoje. A aprendizagem dos instrumentos musicais como a guitarra, a flauta ou o banjo vêm depois.
Apaixonada pelas palavras e pela arte de escrever, Erica estuda avidamente literatura e rapidamente se dá conta de uma necessidade nunca saciada de sair do contexto onde crescera para explorar o mundo. Os trilhos percorridos trazem-na à Europa, e finalmente, a Portugal.
Não podemos apreciar devidamente a sua arte sem percebermos que são as palavras que conduzem a música, sem nos determos alguns instantes nas suas letras. Erica podia escrever livros de poesia mas prefere vestir as palavras de melodias e arranjos instrumentais, tornando-as assim mais acessíveis e, sobretudo, permitindo-lhe partilhar o seu trabalho ao vivo, interagindo com o público, algo que a liberta e preenche. Nenhum concerto de Erica Buettner é simplesmente um expor de canções – é muito mais um processo de partilha, de interacção, de aprendizagem mútua entre a artista e o público.


Peixe

Pedro Cardoso (Peixe) nasceu a 12 de Fevereiro de 1974 na cidade do Porto em Portugal. Estudou Guitarra clássica no Conservatório de Música do Porto e guitarra Jazz na Escola Superior de Música do Porto. Frequentou também a Faculdade de Belas Artes do Porto. Desde 1997 que ensina guitarra em várias escolas de música na zona do Porto.
Foi membro fundador da banda Ornatos Violeta, que é hoje considerada uma das mais importantes bandas Portuguesas de sempre e que marcou de forma incontornável a nova música moderna Portuguesa. Com esta editou os álbuns "Cão!" e "O Monstro Precisa de Amigos" ambos vencedores de prémios Blitz.
Após a separação, fundou a banda de rock Pluto, com quem editou o álbum "Bom Dia" e a banda jazz DEP com quem editou o álbum "esquece tudo o que aprendeste".
Em 2008 criou a OGBE - Orquestra de Guitarras e Baixos Eléctricos - com o apoio do serviço educativo da Casa da Música, grupo que continua em funções e do qual é o director.
Desde 1995 até hoje, participou e escreveu bandas sonoras para peças de teatro e filmes de cinema.





Sem comentários:

Enviar um comentário